E-commerce: Saiba como montar sua loja virtual

Confira as 6 dicas para abrir um e-commerce

Com o avanço da tecnologia, comprar pela internet se tornou um habito entre os brasileiros. Com base nesse novo costume, o e-commerce passou a ser um ótimo investimento para quem sonha em ter seu próprio negócio.

Mas quais as necessidades específicas de um negócio como este? Quais os principais desafios?

Para conquistar esse mercado, é importante, antes de mais nada, ter um planejamento bem detalhado.

1)  Descubra quem são os clientes

Antes de iniciar qualquer tipo de negócio, é importante deixar bem estruturado qual seu público alvo.

Para descobrir qual o perfil do seu cliente, é necessário investir em pesquisas de mercado, ou até mesmo pedir a opinião de familiares e amigos para entender qual a ideia de seu negócio.

Isso deve ser antes de colocar seu e-commerce no ar. Depois de iniciado as vendas, é importante manter contato com os clientes, através de canais de comunicação, para um feedback.

Nas vendas online, o relacionamento com o cliente é um pouco distante, diferente das lojas físicas. Por isso é importante buscar esse contato para conquistar e fidelizar os clientes.

2) Conheça o mercado

Como citado no início do texto, o e-commerce tem conquistado cada vez mais espeço no mercado. Muitas lojas físicas decidem fechar as portas e atender apenas online.

Com isso o mercado fica competitivo, sendo assim é importante estudar a concorrência, mapear o mercado, entender quem são os players presentes e ter clareza da demanda que seu negócio irá atender.

3) Atenda um nicho específico

O e-commerce costuma atrair empresários, por parecer o modo mais simples de venda, porém é importante ficar atendo ao tipo de mercadoria que irá ser comercializado.

Para valer a pena abrir uma loja virtual, é importante escolher um nicho específico e focar apenas nele. Por exemplo, ao invés de abrir uma loja de roupas em geral, foca em vender apenas roupas femininas.

4) Cuidado na hora de escolher os parceiros

Para manter um e-commerce é importante possuir uma série de parceiros, como fornecedores de produto, serviços de logísticas e tecnologia.

Se algum desses fornecedores tiverem problemas (um atraso na entrega, por exemplo), prepare-se: a conta cairá sobre você.
A recomendação é buscar parceiros de confiança logo no início do negócio. E cuidado com o mais barato!

5) Cuidado na hora de contratar a plataforma

Antes de começar um e-commerce, escolha uma plataforma para sua loja virtual que caiba no seu orçamento.

Porém, existem alguns pontos importantes a serem levados em consideração ao contratar esse serviço. É importante avaliar como a plataforma está preparada para os mecanismos de busca, como o Google.

Outro ponto importante é que a plataforma possa ser acessada pelo smartphone. É recomendável ainda verificar a compatibilidade do sistema com os serviços de pagamento e gerenciamento de empresas disponíveis no mercado.

6) Invista em marketing

Por se tratar de uma loja virtual, o e-commerce não é visto por ninguém, caso não seja divulgado.

Isso significa que é necessário investir em anúncios na web, newsletter e redes sociais.

Porém, tenha cuidado na hora de contratar esses serviços, é importante buscar empresas que entendem de comunicação, especialmente marketing digital.

Vai abrir seu e-commerce? Clique aqui e peça já seu orçamento!

 

 

Leia Também