A importância da gestão empresarial e do sistema ERP

Gestão empresarial é o controle, administração e estruturação dos processos de uma empresa.

De forma mais específica, podemos dizer que a gestão empresarial é um modelo de trabalho, através do qual formata a estrutura hierárquica de uma empresa.

Qualquer gestor necessita de um plano de negócios e planejamento estratégico. Mas como fazer isso de forma rápida e eficiente?

Toda empresa necessita de um ERP para organizar os procedimentos internos, como, administração das compras, estoque, prejuízos e ganhos, entre outras coisas. Com o controle do passado, presente e futuro da empresa, a chance de crescer aumenta.

Claramente, o sistema ERP não irá planejar nem executar as ações planejadas. Porém, de nada serve planejar, se não forem bem executadas. Para monitorar e avaliar o que está sendo realizado, é preciso fazer medições alinhadas com os objetivos traçados.

As medições pontuais, mostram se o que foi planejado está sendo executado com resultados positivos ou dentro das expectativas traçadas. Por isso, o ERP é uma ótima ferramenta de trabalho para analisar os indicadores e refazer os ajustes necessários.

1- Realize o planejamento de vendas e serviços baseado no passado

O ERP também armazena todas as informações necessárias desde o início da empresa até último dia do fechamento. Através dessas informações, o empreendedor consegue realizar estratégias de vendas e serviços, baseando nos melhores meses de acordo com o indicador.

Analisando as métricas de vendas, através do ERP, o empresário consegue criar estratégias nos meses em que as vendas ou serviços tiveram redução no faturamento.

Por exemplo, podem ser criados promoções, intensificar a divulgação dos produtos, entre outras várias coisas.

2- Analisar o mercado também é de extrema importância

O mercado é como se fosse um grande balcão de negócios, onde de um lado estão os clientes e potenciais clientes, no meio do balão as necessidades dos clientes e do outro lado a sua empresa e as empresas concorrentes para apresentar produtos ou serviços para solucionar os problemas dos clientes.

Para um sistema de gestão completo, é necessário entender as necessidades dos clientes. Quanto maior a satisfação do cliente, maior é o valor dos produtos e serviços da empresa.

Mas como conseguir a satisfação do cliente?

  • Fique atento na qualidade de seus produtos;
  • Observe o que a concorrência está fazendo;
  • Controle a matéria prima em seu estoque para não ficar sem produto.

3- Cuide da empresa no presente e assegure o futuro

Cuidas do presente é fazer direito as obrigações, os deveres da empresa no seu dia a dia, ou seja, fazer com que tudo funcione perfeitamente, com menor custo operacional para produzir produtos ou serviços com qualidade. Se não garantir o presente, não existe o futuro.

O quesito mais importante a cuidar na empresa no seu dia a dia é a gestão financeira. É o que podemos chamar do “bê-á-bá” da gestão empresarial. Todas as decisões são tomadas em função do dinheiro: disponibilidade imediata e futura. Para ter o controle da disponibilidade imediata e futura precisa ter uma visão ao longo do tempo de todas as receitas e todas as despesas, que é o fluxo de caixa.

4- Obtenha um sistema ERP e vá além da gestão empresarial

O gestor precisa de uma ferramenta que o ajude a controlar todos os problemas operacionais ou os acertos de uma empresa.

Para isso, existem no mercado o ERP, que serve para organizar a empresa, integrar processos e departamentos, assegurar um fluxo operacional contínuo, sem redundância e sem retrabalhos.

Agora que você já conhece o conceito e como colocar em prática a gestão empresarial, por que não aderir a um ERP completo?

Conheças nossas soluções!

Leia Também